quinta-feira, 21 de setembro de 2017

21 de Setembro - Dia da Árvore

O Dia da Árvore é comemorado em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito desse importante recurso natural.

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.


A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida na Terra porque aumentam a umidade do ar graças à evapotranspiração, evitam erosões, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais.

Além disso, entre as diversas espécies arbóreas existentes, incluem-se várias plantas frutíferas, como é o caso da mangueira, limoeiro, goiabeira, abacateiro, pessegueiro e laranjeira.



Além de produzirem alimento, as árvores também possuem outras aplicações econômicas. A madeira por elas produzidas serve como matéria-prima para a criação de móveis e até mesmo casas. A celulose extraída dessas plantas, principalmente pinheiros e eucaliptos, é fundamental para a fabricação de papel. Além disso, algumas espécies apresentam aplicabilidade na indústria farmacêutica por possuírem importantes compostos.

Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores são constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. O desmatamento afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar erosões, assoreamento de rios, redução do regime de chuvas e da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.

Sendo assim, o dia 21 de setembro deve ser visto como um dia de reflexão sobre nossas atitudes em relação a essa importante riqueza natural. Esse dia é muito mais do que o ato simbólico de plantar uma árvore e deve ser encarado como um momento de mudança de postura e conscientização de que nossos atos afetam as gerações futuras. É importante também haver conscientização a respeito da importância da conservação, bem como da necessidade de criação de políticas públicas que combatam a exploração ilegal de árvores.











Visite nosso site e saiba mais sobre nossa empresa: https://desentupidoraemportoalegre.com

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

A importância da saúde predial em seu condomínio residencial, comercial ou industrial

servicos manutencao predial porto alegre


Segundo especialistas a inspeção predial regular é a chave para se prevenir contra graves problemas estruturais, contribuindo para a saúde financeira e estrutural dos condomínios residenciais, comerciais e industriais.

Zelar pelo bom funcionamento de um condomínio é fundamental durante o ano todo, e começar a se preocupar desde o início garante um local protegido e a prevenção de problemas durante os próximos 365 dias. Em qualquer edificação, sejam casas, imóveis comerciais ou industriais essa inspeção é necessária, e em vários municípios e estados brasileiros, exigida por lei; mas, em prédios, isso é ainda mais importante pelos benefícios provenientes da prevenção. Com o passar dos anos, é natural que as construções se deteriorem, o que pede um olhar cada vez mais atento a todo e qualquer problema que surgir.

Em qualquer segmento, a prevenção é responsável por evitar que problemas maiores surjam em um futuro próximo. Ao optar pela inspeção predial com regularidade, síndicos e gestores conseguem se adiantar a percalços, resolvê-los rapidamente e com grande economia, avaliam especialistas da área. 

A inspeção predial tem como objetivo verificar as condições de funcionalidade, técnica e administrativa de uma edificação, o que possibilita saber se há e quais são os problemas na estrutura, na rede elétrica e hidráulica, no telhado ou na fundação, entre outros. Permite também se prevenir contra danos físicos, acidentes, inundações, quebras, incêndios e principalmente acidentes pessoais e do trabalho. 

Terminada a inspeção, o síndico ou gestor recebe um laudo com todas as falhas e anomalias que foram encontradas e, a partir desse laudo, tem duas opções: organizar sua equipe de manutenção (caso tenha) para os serviços ou contratar empresa especializada para realizar os reparos necessários, visando evitar transtornos e perdas maiores.

Os acidentes prediais decorrentes de falhas na construção ou na manutenção predial, e vêm causando mortes e prejuízos injustificáveis. Desabamentos, incêndios, quedas de marquises e fachadas, vazamentos, infiltrações e tantas outras mazelas provenientes dos descuidos com a edificação, podem ser evitados com medidas preventivas simples, de longo prazo, através de um planejamento que se inicia com a Inspeção Predial para a posterior implantação do plano de manutenção, que garante um bom desempenho do prédio, a segurança e o conforto dos seus usuários.

A inspeção predial ainda não é muito difundida no Brasil, mas em países como os Estados Unidos e o Canadá, ela é implementada em praticamente todas as edificações. Segundo a regulamentação da ABNT, um prédio com até 15 anos de existência precisa fazer uma inspeção com um engenheiro especializado a cada três anos. Já para um prédio entre 15 e 30 anos de existência, essa inspeção passa a ser exigida a cada dois anos.  E, para edificações com mais de 30 anos, ela deve ser feita anualmente.

As atenções devem se voltar para problemas graves na edificação, como infiltração e corrosão por ferrugem na armadura de ferro de pilares, lajes e vigas, além de defeitos nas áreas de impermeabilização, que causam vazamentos que encarecem a conta de água do condomínio. Todos esses aspectos do edifício devem ter prioridade na inspeção predial, pois qualquer defeito nessas áreas pode ser uma grande dor de cabeça para o síndico e condôminos.

Na estrutura, devem ser verificados itens como fachada, áreas comuns, terraço e equipamentos de segurança, além das partes de hidráulica, elétrica e gás. Já na parte documental, é fundamental a verificação da documentação que comprove a realização dos serviços obrigatórios e certificações técnicas do condomínio. 

Tão importante quanto a inspeção é a vistoria técnica, que verifica as condições de conservação, estabilidade e segurança, garantindo a execução das medidas reparadoras quando necessário, e deve ser efetuada por engenheiro, arquiteto ou empresa legalmente habilitada nos respectivos Conselhos Profissionais, que elaborará o laudo técnico atestando as condições de conservação, estabilidade e segurança da edificação.

A Advento pode auxiliar o seu condomínio nesse processo de manutenção periódica, entre em contato conosco solicitando contato.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Porto Alegre: Fiscalização recolhe 800kg de propaganda irregular em agosto

fiscalizacao recolhe 800kg propaganda irregular porto alegre
Material foi encaminhado ao DMLU para reciclagem


A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) recolheu, no mês de agosto, aproximadamente 800 kg de resíduos plásticos oriundos de propagandas clandestinas colocadas em postes e outros equipamentos públicos da cidade. Foram recolhidos também 80 cavaletes e 42 faixas publicitárias irregulares. A equipe fiscalizou os bairros Bom Fim, Cidade Baixa, Azenha, Bela Vista, Partenon, Menino Deus, Medianeira, Teresópolis, Tristeza e Cavalhada.

No próximo mês, a equipe vai intensificar a fiscalização na zona sul para retirada de placas fixadas ao solo que necessitam de ferramentas pesadas, como motosserras e disco de corte. O trabalho deverá ser realizado aos sábados e domingos para não atrapalhar o fluxo de veículos nas vias urbanas. 

Reciclagem - Os cavaletes e placas em bom estado de conservação ficarão depositados na Smam por 30 dias. Caso algum proprietário queira solicitar o material de volta, ele terá 15 dias para apresentar defesa dos motivos da colocação da propaganda. O processo é analisado e, caso indeferido, o solicitante pode ser multado por desobedecer o que estabelece o Decreto nº 18.097/12. As faixas e banners removidos foram encaminhados ao DMLU para reciclagem.

Fonte: SMAM PMPA
Reprodução: Advento

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Replay? Não. Mais um furacão no Atlântico. A natureza está em fúria.


Parece replay da semana passada, mas infelizmente não é. Mais um furacão, este de maior potência, categoria 5, o furacão Irma está atingindo o caribe com ventos que quase chegam a 300km por hora formando ondas de até 6 metros de altura.

furacao irma caribe hurricane caribean
Foto: Reprodução do Twitter

A natureza está mais uma vez em menos de 15 dias mostrando sua força e poder de destruição. Populações em alerta máximo, suprindo suas casas com mantimentos e se protegendo da maneira que podem para tentar se salvar da devastação do furacão Irma.


À medida que o olho do furacão Irma se afasta da pequena ilha de Barbuda e em direção a São Martinho, os residentes ao longo do caminho caminhavam para evacuar enquanto estocavam em água, comida e gás.
O olho maciço olhou para Barbuda no início da quarta-feira, batendo com os ventos uivantes antes de marchar ao longo do seu caminho no Caribe.

Fonte: CNN
Reprodução: Marketing Advento

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

DENÚNCIA! Descarte irregular de óleo no Guaíba é contido por força tarefa da prefeitura de Porto Alegre e outros órgãos

Na tarde de domingo, 3 de setembro de 2017, uma ação da prefeitura de Porto Alegre, juntamente com a FEPAM, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Crip e Guarda Municipal, conteve um descarte irregular de óleo no rio Guaíba. O caso foi denunciado através do 190 e já há uma empresa suspeita do crime ambiental. 

oleo descartado na Ilha da Pintada rio guaiba porto alegre
Óleo foi descartado na Ilha da Pintada | Foto: Divulgação / PMPA / CP

Segundo o Correio do povo, na denúncia foi relatado que resíduos estavam obstruindo a saída de esgoto, exalando forte odor, semelhante a produtos químicos, e deixando uma mancha preta nas águas do Guaíba. Durante a fiscalização foi identificado o local onde o óleo foi descartado irregularmente. Após a identificação, técnicos da Fepam utilizaram mantas absorventes nas saídas das redes de esgoto, contendo a propagação do óleo nas águas do Guaíba. Os órgãos de saúde e o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) já estão monitorando a situação.

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, Maurício Fernandes, lamenta e critica a atitude que resultou no descarte irregular e agradece a comunidade que realizou a denúncia. "É de se lamentar que em pleno ano de 2017 alguém, motivado por lucro, cometa esta atitude tão danosa ao ambiente. rise-se ainda que clientes da empresa suspeita serão investigados, pois a responsabilidade solidária impera. Cabe um agradecimento e plenas homenagens ao trabalho conjunto dos diversos órgãos envolvidos e, em especial, à comunidade que indignou-se e comunicou o fato às autoridades".

Fontes: ZH Digital e Site Correio do Povo
Reprodução: Marketing Advento

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Catástrofe nos Estados Unidos: A mudança climática intensificou o Furacão Harvey?

De vez em quando, o pior cenário ocorre.

A partir da tarde de domingo, os restos do furacão Harvey parecem provavelmente exceder as piores previsões que precederam a tempestade. Toda a região metropolitana de Houston está inundando: as interestaduais estão sob os pés da água, as autoridades locais pediram aos proprietários dos barcos que se juntem aos esforços de resgate, e a maioria dos córregos e rios perto da cidade estão em fase de inundação.

Alguns modelos sugerem que a tempestade permanecerá na área até a noite de quarta-feira, despejando incríveis 1250mm de água no total em Houston e nos arredores.

"Quantidades locais de precipitação de 1250mm excederão qualquer record prévio de precipitação no Texas. A amplitude e a intensidade desta chuva estão além de qualquer experiência antes ", disse uma declaração do National Weather Service. "Inundações catastróficas estão em andamento e espera-se que continuem por vários dias". (Em anos de relato do tempo, nunca vi uma declaração tão brusca e ameaçadora.)

imagem estacao espacial furacao harvey

furacao harvey satelite meteorologico


Isso significa que milhares de pessoas - e talvez dezenas de milhares de pessoas - estão enfrentando uma luta terrível e muito real para sobreviver agora. Numa época em que o clima está a mudar rapidamente, uma questão natural a perguntar é: Qual o papel que o aquecimento global provocado pelo homem desempenhou no fortalecimento desta tempestade?



Os cientistas do clima, que se especializam em pensar sobre o sistema da Terra como um todo, muitas vezes são reticentes para vincular qualquer evento meteorológico com a mudança climática global. Mas eles dizem que aspectos do caso do furacão Harvey - e a história recente de ciclones tropicais em todo o mundo - sugerem que o aquecimento global está piorando a situação.

Pode não ser óbvio por que o aquecimento global tem algo a ver com a força do furacão. A mudança climática é causada pela liberação de gases de efeito estufa como dióxido de carbono e metano na atmosfera. Esses gases impedem que alguns raios solares voltem ao espaço, atrapalhando calor no sistema planetário e aumentando as temperaturas do ar em todo o mundo.

Este ar quente faz com que a evaporação ocorra mais rapidamente, o que pode levar a mais umidade na atmosfera. Mas esse fenômeno sozinho não explica os efeitos da mudança climática em Harvey.

Tempestades como Harvey são ajudadas por uma das conseqüências da mudança climática: à medida que o ar aquece, parte desse calor é absorvido pelo oceano, o que, por sua vez, aumenta a temperatura das camadas superiores do mar.

Este ar quente faz com que a evaporação ocorra mais rapidamente, o que pode levar a mais umidade na atmosfera. Mas esse fenômeno sozinho não explica os efeitos da mudança climática em Harvey.

Tempestades como Harvey são ajudadas por uma das conseqüências da mudança climática: à medida que o ar aquece, parte desse calor é absorvido pelo oceano, o que, por sua vez, aumenta a temperatura das camadas superiores do mar.

Harvey beneficiou de águas inusitadamente torradas no Golfo do México. À medida que a tempestade rugia em direção a Houston na semana passada, as águas da superfície do mar perto do Texas aumentaram entre 2,7 e 7,2 graus Fahrenheit acima da média. Essas águas foram alguns dos pontos mais quentes da superfície do oceano no mundo. A tempestade tropical, alimentando esse calor incomum, conseguiu progredir de uma depressão tropical para um furacão de categoria quatro em cerca de 48 horas.

"Este é o principal combustível para a tempestade", diz Kevin Trenberth, cientista sênior do Centro Nacional de Pesquisas Atmosféricas dos EUA. "Embora essas tempestades ocorram naturalmente, a tempestade pode ser mais intensa, talvez um pouco maior, mais duradoura e com chuvas muito mais pesadas [por causa do calor do oceano]".

Isso também sugere uma explicação para um dos comportamentos mais estranhos e assustadores de Harvey. A tempestade intensificou-se até o momento do pouso, atingindo quatro horas de força da categoria antes de bater na costa do Texas. Isso não é apenas raro para os ciclones tropicais no oeste do Golfo do México: pode ser único. Nos últimos 30 anos de registros, nenhuma tempestade a oeste da Flórida se intensificou nas últimas 12 horas antes do pouso.



Se em um país de primeiro mundo com os Estados Unidos, os efeitos do Harvey são assim devastadores, imaginem o que um país cheio de problemas de infra-estrutura como o Brasil sofreria se recebesse um evento climático desta magnitude? 

De acordo com cientistas, estes efeitos nocivos ao clima do planeta podem ser maiores ou menores dependendo das medidas que o ser humano tomar hoje e nos próximos anos com relação à emissão de gases poluentes. Uma das medidas mais importantes seria a diminuição da emissão de gases gerados pela queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, os derivados de petróleo (gasolina e diesel) e o carvão mineral. São estes os principais causadores do aquecimento global e das mudanças climáticas.

Provavelmente este terrível evento climático irá alertar as autoridades para intensificar os debates sobre alternativas para o combate ao aquecimento global e consequentemente a prevenção de desastres até maiores que este ocorrido em Houston. 

A Natureza está dando o seu recado. Cabe a nós entendê-lo.



Fonte: The Atlantic
Tradução: Advento

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

As principais doenças transmitidas pelo carrapato

Imagine a cena: após uma bela caminhada por uma floresta, ao chegar você se depara com uma bolinha minúscula em sua pele, que ao removê-la, lhe causa irritação e vermelhidão no local. Ao verificar percebe que se trata de carrapatos. E agora? O que fazer? 

carrapatos dedetizadora porto alegre advento


Carrapatos são animais pequenos (aracnídeos) que ao morder, se alimentam de sangue. Os carrapatos vivem na pele e penas de muitos pássaros e animais. A maioria dos carrapatos não é portadora de doenças, mas é importante remover um carrapato logo que você encontrá-lo.

Carrapatos tendem a ser mais ativos durante os meses mais quentes. Áreas de florestas, arbustos e grama possuem mais carrapatos. Estes insetos também são muito comuns nas grandes cidades e neste caso você deve procurar uma dedetizadora para efetuar o controle deste perigoso inseto. Para uma pessoa adquirir uma doença, o carrapato também deve ser infectado.

doencas causadas carrapatos


Doenças transmitidas por carrapatos, que infectam os seres humanos e outros animais são causadas por agentes infecciosos transmitidos pelas picadas. As doenças são causadas por bactérias, vírus e protozoários.

1- A Doença de Lyme

A doença de Lyme é causada pela bactéria Borrelia burgdorferi, mas é transmitida por um carrapato da espécie Amblyoma cajennense, no Brasil. Ela pode causar fadiga, dor de cabeça, rigidez do pescoço, febre, dores musculares e nas articulações e às vezes uma erupção vermelha que se parece com um olho de boi. Os lugares escolhidos são axilas, couro cabeludo e região da virilha. Não é transmitida pelo leite materno nem entre pessoas. Antibióticos funcionam normalmente. Se você não receber tratamento imediato, a doença de Lyme pode causar sérios problemas com as articulações, sistema nervoso e o coração.

2- Babesiose

A Babesiose, Piroplasmose ou Doença do Carrapato é causada por protozoários do gênero Babesia microti e é transmitida por carrapatos que infectam as células vermelhas do sangue. Babesiose nem sempre pode causar sintomas. Quando os sintomas estão presentes, eles geralmente começam 1 a 4 semanas após a picada do carrapato. Os sintomas da babesiose incluem:

Mal-estar
Diminuição do apetite
Cansaço
Febre, calafrios e suores
Dores musculares (mialgias)
Babesiose pode causar anemia hemolítica e normalmente é tratada com antibióticos.

3- Febre da Carraça Colorado

Febre da carraça Colorado é causada por um vírus transmitido pelo carrapato madeira. Os sintomas geralmente começam dentro de 14 dias (média de 3 a 6 dias) da picada do carrapato. Os sintomas da febre da Carraça Colorado incluem febre, calafrios, dor de cabeça, dores musculares, sensibilidade à luz (fotofobia). O carrapato deve ser removido da pele e se necessário, tome um analgésico (não dê ácido acetilsalicílico (aspirina) às crianças). Essa doença de carrapato desaparece sozinha.

4- Erliquiose

Causada por bactérias, a erliquiose é uma doença infecciosa, que pode ser transmitida aos seres humanos pelo carrapato “estrela solitária”. Ela causa febre, calafrios, dor de cabeça (muitas vezes grave), mal-estar (indisposição), náuseas e vômitos e uma erupção roxa ou vermelha. Os sintomas geralmente começam a partir de 1 a 21 dias (média de 7 dias) após a picada do carrapato. O tratamento deve ser o mais rápido possível.

5- Febre Maculosa

A febre maculosa no Brasil é transmitida pelo carrapato da espécie Amblyomma aureolatum, que é conhecido como o carrapato-amarelo-do-cão e causada pela bactéria Rickettsia rickettsii. Os sintomas iniciais geralmente começam cerca de 2 a 14 dias após a picada do carrapato e pode incluir uma febre repentina, dor de cabeça intensa, dores musculares e articulares, erupções, náuseas e vômitos. Tem cura se for tratada com antibióticos nos primeiros dias da infecção.

6- Febre Recorrente

Febre recorrente é uma doença infecciosa bacteriana que pode ser transmitida aos seres humanos por carrapatos. Os sintomas geralmente começam de 3 a 11 dias (média de 6 dias) após a picada. Eles podem durar vários dias, ir embora, e depois voltar vários dias depois. Os sintomas da febre recorrente incluem febre alta que começa de repente e pode durar de 3 a 6 dias, dor de cabeça, aumento da frequência cardíaca, dor muscular e abdominal, mal-estar e erupção cutânea. Não possui vacina.

7- Anaplasmose

Anaplasmose é uma doença causada pela bactéria do gênero Anaplasma. É transmitida aos seres humanos por picadas de carrapatos. Das quatro fases distintas no ciclo de vida do carrapato (ovo, larva, ninfa, adulto), os carrapatos de ninfa e adulto são mais frequentemente associados com a transmissão da anaplasmose para os seres humanos. Os sintomas incluem: febre, dor de cabeça, calafrios e dores musculares. Geralmente, estes sintomas ocorrem dentro de 1-2 semanas de uma picada de carrapato. Anaplasmose é inicialmente diagnosticada com base nos sintomas e quadro clínico e mais tarde confirmada pela utilização de testes de laboratório especializados. Se não for tratada corretamente e precocemente, essa doença de carrapato pode ser fatal.

8- Tularemia

Tularemia, Febre da Mosca do Cervo ou Febre do Coelho é uma doença de animais e seres humanos causadas pela bactéria Francisella tularensis. Coelhos, lebres e roedores são especialmente suscetíveis e muitas vezes morrem em grande número durante surtos. Os seres humanos podem ser infectados através de várias maneiras, incluindo:

Carrapato e veados por mordidas
Contato da pele com animais infectados
A ingestão de água contaminada
A inalação de aerossóis contaminados ou poeiras agrícolas
Exposição laboratorial
Altamente contagiosa e fatal se não for tratada. Os sintomas variam, dependendo da via de infecção, entre eles pode ser úlcera na pele, febre, dor de cabeça, vermelhidão nos olhos, vômitos, etc. Embora tularemia possa ser fatal, a maioria das infecções pode ser tratada com sucesso com antibióticos.

Evite tularemia fazendo:

O uso de repelente de insetos
O uso de luvas ao manusear animais doentes ou mortos

9- Doença Powassan

O vírus é transmitido aos seres humanos por carrapatos infectados. Sinais e sintomas dessa doença podem incluir febre, dor de cabeça, vômitos, fraqueza, confusão, convulsões, perda de memória e problemas neurológicos. Não existe um tratamento específico, mas as pessoas em situação grave muitas vezes precisam ser hospitalizadas para receber suporte respiratório, fluidos intravenosos ou medicamentos para reduzir o inchaço no cérebro.

10- Vírus Heartland

É causada por um carrapato que possui o vírus Heartland e transmite a doença. Todos os infectados têm febre, cansaço, dores de cabeça, dores musculares, diarreia ou falta de apetite. E têm baixos números de células que combatem as infecções e necessitam de hospitalização. Não existe vacina para essa doença de carrapato apenas cuidados de suporte para os sintomas.

Diagnóstico e tratamento

Em geral, os testes laboratoriais específicos não estão disponíveis para diagnosticar rapidamente doenças transmitidas por carrapatos. Devido à sua gravidade, antibiótico é o tratamento muitas vezes usado.

Normalmente, remover o carrapato, lavar o local da picada e prestar atenção para os sintomas da doença é o necessário.

carrapato se alimentando de sangue humano


Algumas pessoas podem ter uma reação alérgica a uma picada de carrapato. Esta reação pode ser leve, com alguns sintomas irritantes. Em casos raros, ocorre uma reação alérgica grave (anafilaxia).

Prevenção

As pessoas podem limitar a sua exposição a picadas de carrapatos, vestir calças e mangas compridas e usar repelentes de insetos.

Embora a maioria das doenças de carrapatos tenha cura quando tratada no início, procurar conhecer os sintomas e se prevenir é a melhor forma de diminuir os casos de infecção, causada por doenças de carrapatos.

Fonte: Biosom

Para resolver problemas com infestação de carrapatos procura uma empresa dedetizadora especializada no controle deste tipo de praga.