quinta-feira, 21 de setembro de 2017

21 de Setembro - Dia da Árvore

O Dia da Árvore é comemorado em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito desse importante recurso natural.

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.


A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida na Terra porque aumentam a umidade do ar graças à evapotranspiração, evitam erosões, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais.

Além disso, entre as diversas espécies arbóreas existentes, incluem-se várias plantas frutíferas, como é o caso da mangueira, limoeiro, goiabeira, abacateiro, pessegueiro e laranjeira.



Além de produzirem alimento, as árvores também possuem outras aplicações econômicas. A madeira por elas produzidas serve como matéria-prima para a criação de móveis e até mesmo casas. A celulose extraída dessas plantas, principalmente pinheiros e eucaliptos, é fundamental para a fabricação de papel. Além disso, algumas espécies apresentam aplicabilidade na indústria farmacêutica por possuírem importantes compostos.

Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores são constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. O desmatamento afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar erosões, assoreamento de rios, redução do regime de chuvas e da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.

Sendo assim, o dia 21 de setembro deve ser visto como um dia de reflexão sobre nossas atitudes em relação a essa importante riqueza natural. Esse dia é muito mais do que o ato simbólico de plantar uma árvore e deve ser encarado como um momento de mudança de postura e conscientização de que nossos atos afetam as gerações futuras. É importante também haver conscientização a respeito da importância da conservação, bem como da necessidade de criação de políticas públicas que combatam a exploração ilegal de árvores.











Visite nosso site e saiba mais sobre nossa empresa: https://desentupidoraemportoalegre.com

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

A importância da saúde predial em seu condomínio residencial, comercial ou industrial

servicos manutencao predial porto alegre


Segundo especialistas a inspeção predial regular é a chave para se prevenir contra graves problemas estruturais, contribuindo para a saúde financeira e estrutural dos condomínios residenciais, comerciais e industriais.

Zelar pelo bom funcionamento de um condomínio é fundamental durante o ano todo, e começar a se preocupar desde o início garante um local protegido e a prevenção de problemas durante os próximos 365 dias. Em qualquer edificação, sejam casas, imóveis comerciais ou industriais essa inspeção é necessária, e em vários municípios e estados brasileiros, exigida por lei; mas, em prédios, isso é ainda mais importante pelos benefícios provenientes da prevenção. Com o passar dos anos, é natural que as construções se deteriorem, o que pede um olhar cada vez mais atento a todo e qualquer problema que surgir.

Em qualquer segmento, a prevenção é responsável por evitar que problemas maiores surjam em um futuro próximo. Ao optar pela inspeção predial com regularidade, síndicos e gestores conseguem se adiantar a percalços, resolvê-los rapidamente e com grande economia, avaliam especialistas da área. 

A inspeção predial tem como objetivo verificar as condições de funcionalidade, técnica e administrativa de uma edificação, o que possibilita saber se há e quais são os problemas na estrutura, na rede elétrica e hidráulica, no telhado ou na fundação, entre outros. Permite também se prevenir contra danos físicos, acidentes, inundações, quebras, incêndios e principalmente acidentes pessoais e do trabalho. 

Terminada a inspeção, o síndico ou gestor recebe um laudo com todas as falhas e anomalias que foram encontradas e, a partir desse laudo, tem duas opções: organizar sua equipe de manutenção (caso tenha) para os serviços ou contratar empresa especializada para realizar os reparos necessários, visando evitar transtornos e perdas maiores.

Os acidentes prediais decorrentes de falhas na construção ou na manutenção predial, e vêm causando mortes e prejuízos injustificáveis. Desabamentos, incêndios, quedas de marquises e fachadas, vazamentos, infiltrações e tantas outras mazelas provenientes dos descuidos com a edificação, podem ser evitados com medidas preventivas simples, de longo prazo, através de um planejamento que se inicia com a Inspeção Predial para a posterior implantação do plano de manutenção, que garante um bom desempenho do prédio, a segurança e o conforto dos seus usuários.

A inspeção predial ainda não é muito difundida no Brasil, mas em países como os Estados Unidos e o Canadá, ela é implementada em praticamente todas as edificações. Segundo a regulamentação da ABNT, um prédio com até 15 anos de existência precisa fazer uma inspeção com um engenheiro especializado a cada três anos. Já para um prédio entre 15 e 30 anos de existência, essa inspeção passa a ser exigida a cada dois anos.  E, para edificações com mais de 30 anos, ela deve ser feita anualmente.

As atenções devem se voltar para problemas graves na edificação, como infiltração e corrosão por ferrugem na armadura de ferro de pilares, lajes e vigas, além de defeitos nas áreas de impermeabilização, que causam vazamentos que encarecem a conta de água do condomínio. Todos esses aspectos do edifício devem ter prioridade na inspeção predial, pois qualquer defeito nessas áreas pode ser uma grande dor de cabeça para o síndico e condôminos.

Na estrutura, devem ser verificados itens como fachada, áreas comuns, terraço e equipamentos de segurança, além das partes de hidráulica, elétrica e gás. Já na parte documental, é fundamental a verificação da documentação que comprove a realização dos serviços obrigatórios e certificações técnicas do condomínio. 

Tão importante quanto a inspeção é a vistoria técnica, que verifica as condições de conservação, estabilidade e segurança, garantindo a execução das medidas reparadoras quando necessário, e deve ser efetuada por engenheiro, arquiteto ou empresa legalmente habilitada nos respectivos Conselhos Profissionais, que elaborará o laudo técnico atestando as condições de conservação, estabilidade e segurança da edificação.

A Advento pode auxiliar o seu condomínio nesse processo de manutenção periódica, entre em contato conosco solicitando contato.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Porto Alegre: Fiscalização recolhe 800kg de propaganda irregular em agosto

fiscalizacao recolhe 800kg propaganda irregular porto alegre
Material foi encaminhado ao DMLU para reciclagem


A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) recolheu, no mês de agosto, aproximadamente 800 kg de resíduos plásticos oriundos de propagandas clandestinas colocadas em postes e outros equipamentos públicos da cidade. Foram recolhidos também 80 cavaletes e 42 faixas publicitárias irregulares. A equipe fiscalizou os bairros Bom Fim, Cidade Baixa, Azenha, Bela Vista, Partenon, Menino Deus, Medianeira, Teresópolis, Tristeza e Cavalhada.

No próximo mês, a equipe vai intensificar a fiscalização na zona sul para retirada de placas fixadas ao solo que necessitam de ferramentas pesadas, como motosserras e disco de corte. O trabalho deverá ser realizado aos sábados e domingos para não atrapalhar o fluxo de veículos nas vias urbanas. 

Reciclagem - Os cavaletes e placas em bom estado de conservação ficarão depositados na Smam por 30 dias. Caso algum proprietário queira solicitar o material de volta, ele terá 15 dias para apresentar defesa dos motivos da colocação da propaganda. O processo é analisado e, caso indeferido, o solicitante pode ser multado por desobedecer o que estabelece o Decreto nº 18.097/12. As faixas e banners removidos foram encaminhados ao DMLU para reciclagem.

Fonte: SMAM PMPA
Reprodução: Advento

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Replay? Não. Mais um furacão no Atlântico. A natureza está em fúria.


Parece replay da semana passada, mas infelizmente não é. Mais um furacão, este de maior potência, categoria 5, o furacão Irma está atingindo o caribe com ventos que quase chegam a 300km por hora formando ondas de até 6 metros de altura.

furacao irma caribe hurricane caribean
Foto: Reprodução do Twitter

A natureza está mais uma vez em menos de 15 dias mostrando sua força e poder de destruição. Populações em alerta máximo, suprindo suas casas com mantimentos e se protegendo da maneira que podem para tentar se salvar da devastação do furacão Irma.


À medida que o olho do furacão Irma se afasta da pequena ilha de Barbuda e em direção a São Martinho, os residentes ao longo do caminho caminhavam para evacuar enquanto estocavam em água, comida e gás.
O olho maciço olhou para Barbuda no início da quarta-feira, batendo com os ventos uivantes antes de marchar ao longo do seu caminho no Caribe.

Fonte: CNN
Reprodução: Marketing Advento

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

DENÚNCIA! Descarte irregular de óleo no Guaíba é contido por força tarefa da prefeitura de Porto Alegre e outros órgãos

Na tarde de domingo, 3 de setembro de 2017, uma ação da prefeitura de Porto Alegre, juntamente com a FEPAM, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Crip e Guarda Municipal, conteve um descarte irregular de óleo no rio Guaíba. O caso foi denunciado através do 190 e já há uma empresa suspeita do crime ambiental. 

oleo descartado na Ilha da Pintada rio guaiba porto alegre
Óleo foi descartado na Ilha da Pintada | Foto: Divulgação / PMPA / CP

Segundo o Correio do povo, na denúncia foi relatado que resíduos estavam obstruindo a saída de esgoto, exalando forte odor, semelhante a produtos químicos, e deixando uma mancha preta nas águas do Guaíba. Durante a fiscalização foi identificado o local onde o óleo foi descartado irregularmente. Após a identificação, técnicos da Fepam utilizaram mantas absorventes nas saídas das redes de esgoto, contendo a propagação do óleo nas águas do Guaíba. Os órgãos de saúde e o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) já estão monitorando a situação.

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, Maurício Fernandes, lamenta e critica a atitude que resultou no descarte irregular e agradece a comunidade que realizou a denúncia. "É de se lamentar que em pleno ano de 2017 alguém, motivado por lucro, cometa esta atitude tão danosa ao ambiente. rise-se ainda que clientes da empresa suspeita serão investigados, pois a responsabilidade solidária impera. Cabe um agradecimento e plenas homenagens ao trabalho conjunto dos diversos órgãos envolvidos e, em especial, à comunidade que indignou-se e comunicou o fato às autoridades".

Fontes: ZH Digital e Site Correio do Povo
Reprodução: Marketing Advento